Epic Games apresenta concorrente à plataforma Steam

    0
    Epic Games Store
    Epic Games Store. Imagem: DR

    A Epic Games, empresa responsável pelo popular jogo de battle royale Fortnite, e pelo motor de jogo Unreal Engine 4, revelou hoje o lançamento da sua nova aposta, a Epic Games Store.

    Esta nova plataforma irá incorporar uma loja online, com várias vantagens económicas para developers, mas também para os jogadores. A empresa descreve a sua estratégia como “justa”, mantendo ainda assim um relacionamento direto e responsável. Numa fase inicial, irá apenas conter um pequeno conjunto de jogos selecionados, para PC e Mac, e mais tarde para Android e outras plataformas.

    Na plataforma Steam, uma empresa ou developer recebe 70% do valor das venda do seu jogo, ou 65% se usar o motor Unreal Engine. Agora, a Epic Games promete que os jogos vendidos através da sua nova plataforma terão um retorno para os developers de 88% no valor das vendas, sem cobrar qualquer tipo de taxa suplementar para jogos construídos com o seu motor de jogo.

    Estes são valores significativamente inferiores aos atualmente praticados na plataforma Steam, detalhe que a Epic Games fez questão de frisar no diagrama seguinte.

    Epic Games Store
    Epic Games Store. Imagem: Epic Games

    Mas as promessas não se ficam pelo valor das taxas cobradas pela plataforma. Os jogadores vão ter a oportunidade de seguir as notícias dos jogos que adquirirem na Epic Games Store, além de futuros lançamentos da empresa ou developer. Será também possível receber atualizações por email caso os jogadores assim autorizem.

    Para este efeito, os criadores de videojogos vão ter total controlo sobre a página e feed de noticias das suas criações. Todas as páginas estarão também isentas de publicidade a jogos concorrentes, e não será mostrada publicidade nos resultados de pesquisas.

    Fortnite
    Fortnite. Imagem: Epic Games

    Os criadores de conteúdo nas plataformas como YouTube ou Twitch, assim como Bloggers, vão ter a oportunidade de promover os jogos da plataforma, através do uso de referrals ou códigos de desconto, recebendo uma parte da receita (5%) nos jogos que forem vendidos através deste método. Este valor é totalmente suportado pela Epic Games, não penalizando os criadores de videojogos, durante os primeiros 24 meses reservados a esta iniciativa.

    Epic Games garante estar aberta à venda de jogos desenvolvidos com qualquer motor de jogo, onde os primeiros lançamentos da plataforma vão incluir jogos criados com o Unreal Engine, Unity, entre outros.

    Unreal Engine
    Unreal Engine. Imagem: Epic Games

    A Epic explica ainda que a experiência adquirida ao gerir o volume de vendas de Fortnite, conferiu-lhes a capacidade para dar este enorme passo, e que os 12% de taxa cobrados serão mais do que suficientes para a empresa manter-se lucrativa, apoiando os criadores de videojogos em todas as fases.

    Para conhecermos a lista de títulos que vai integrar a primeira versão da plataforma, teremos de esperar até à próxima quinta-feira, 6 de dezembro, dia em que serão revelados durante a entrega de prémios dos The Game Awards de 2018.

    Para enviar uma sugestão, tens de fazer ou .

    Comentários

    Ainda sem comentários!

    avatar
    2000
      Subscrever  
    Notificar: