Antevisão: PlayStation Classic a nova consola retro da Sony

0
Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Imagem: Actigamer

O Retrogaming está na moda, e o recente lançamento de várias consolas retro, inspiradas nos seus modelos originais, confirma a tendência. A PlayStation não quis ficar atrás e surge agora com uma réplica da sua primeira consola, a PlayStation original. Com um design idêntico, mas mais leve e já pré-carregada com alguns dos êxitos da primeira consola, a PlayStation Classic vem celebrar os 24 anos do lançamento da primeira consola da Sony.

A convite da PlayStation Portugal, fomos ao Museu Nostálgica conhecer a nova PlayStation Classic, e reviver alguns dos títulos mais marcantes da consola. Num ambiente descontraído, puramente retro, e rodeados das consolas e Arcades que marcaram a história dos videojogos, estávamos no cenário perfeito para voltar a 1994, ano de lançamento da icónica PlayStation original.

Embora pareça que foi ontem, a verdade é que a primeira consola PlayStation faz 24 anos no próximo mês de dezembro, e não existe melhor maneira de celebrar o aniversário da marca, do que com o lançamento de uma consola em miniatura, com uma aparência semelhante à original, e pré-carregada com 20 títulos que fizeram desta consola um sucesso de vendas.

À semelhança de outras consolas retro, a PlayStation Classic destaca-se pelo tamanho reduzido, em comparação com a sua versão original. Com um volume 80% inferior, e uma largura 45% mais pequena, a nova consola tem um peso aproximado de 170 gramas, algo que nos deixou impressionados, tendo em conta os 1.5 Kg da sua congénere. Os comandos mantêm o tamanho original e um peso de apenas 140 gramas.

Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Foto: Actigamer

O visual de ambas é praticamente idêntico, e a atenção dada aos detalhes foi grande. Desde o posicionamento das entradas para os comandos, à porta do leitor de CDs, e até a luz no botão para iniciar a consola, todos os elementos característicos da PlayStation original estão também presentes na nova PlayStation Classic.

Ao ligar a consola, ficámos imediatamente satisfeitos ao vermos que a abertura clássica da PS1/PSONE foi preservada, apenas com uma pequena atualização no logótipo da PlayStation, onde agora se pode ler Sony Interactive Entertainment, nome adotado em 2016.

Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Foto: Actigamer

Enquanto na versão original tínhamos de introduzir um CD com o jogo que queríamos jogar, agora é apresentado um menu com a seleção de jogos que vêm pré-instalados na consola, algo semelhante aos menus circulares utilizados pelos CDs de demos, muito populares na época. Ao navegarmos no menu, encontrámos uma seleção de 20 jogos que incluem alguns dos clássicos da sua geração, como Tekken 3 e Grand Theft Auto, juntamente com o ano original de lançamento, editora e número de jogadores suportados.

O visual de todos os menus encaixa perfeitamente no espírito da consola, com uma recriação fiel ao original, sem esquecer o controlador de cartões de memória.

Um detalhe interessante que reparámos foi a utilização que deram ao botão “Open”. Se antes abria a tampa do leitor de CDs, agora tem uma nova utilidade. Ao pressionarmos este botão, é apresentado um menu que nos permite alterar o disco, em jogos que ocupam vários CDs, como é o caso de Final Fantasy VII e Metal Gear Solid. Embora seja uma tentativa de emular o sistema anterior, achámos que não seria a forma mais prática de o fazer, já que o jogo está completamente carregado na consola, perdendo o sentido utilitário do botão. Ao manter esta característica, seria mais interessante fazê-lo a partir do comando, não sendo para isso necessário levantarmos-nos sempre que nos é pedido um novo disco. Para preservar alguma utilidade ao botão “Open”, faria mais sentido utilizá-lo para regressarmos ao menu de seleção de jogo, uma função que nesta consola foi atribuída ao botão de “Reset”.

Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Foto: Actigamer

Embora a consola seja uma miniatura da sua congénere, os comandos mantêm o tamanho original, com a mesma ergonomia que nos lembrávamos, e embora estes modelos não venham equipados com os joysticks analógicos do DualShock 1, são perfeitamente adequados para os jogos que vêm carregados e representam o primeiro modelo da consola. Os comandos funcionam como os originais, e o facto de serem fornecidos em par, convida imediatamente ao jogo multiplayer.

A nível de jogabilidade não temos falhas a apontar. Todos os jogos correram de forma totalmente fluída e perfeitamente adaptada à resolução do ecrã. Como era esperado, os jogos mantêm o aspeto gráfico original, o que torna toda a experiência muito mais nostálgica, fazendo lembrar o fator de diversão descomprometida e casual que estes jogos ainda hoje são capazes de proporcionar.

Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Foto: Actigamer

Numa geração com tantos clássicos, sentimos a falta de alguns jogos extra como Crash Bandicoot ou Tomb Raider, uma possibilidade que para já os responsáveis da PlayStation não confirmam, nem desmentem. A lista completa de jogos pré-instalados na consola é a seguinte: Battle Arena Toshinden, Cool Boarders 2, Destruction Derby, Final Fantasy VII, Grand Theft Auto, Intelligent Qube, Jumping Flash, Metal Gear Solid, Mr Driller, Oddworld: Abe’s Oddysee, Rayman, Resident Evil Director’s Cut, Revelations: Persona, Ridge Racer Type 4, Super Puzzle Fighter II Turbo, Syphon Filter, Tekken 3, Tom Clancy’s Rainbow 6, Twisted Metal, Wild Arms.

Além dos 20 jogos, a consola inclui um cartão de memória virtual, um cabo HDMI e dois comandos com fio de tamanho igual aos da consola original de 1994. De salientar que o cabo de alimentação não vem incluído.

Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Foto: Actigamer

Foram adicionadas à PlayStation Classic algumas melhorias para facilitar a vida dos jogadores, principalmente nas “Saves” e na forma de iniciar os jogos. Agora, podemos gravar o jogo a qualquer altura e pressionar o botão de “Reset” na consola para voltar ao menu de seleção e trocar para outro jogo de forma imediata, algo que antes era mais demorado e obrigava a reiniciar a consola. Outra funcionalidade interessante é a criação de pontos de retoma, que nos permite trocar de jogo a qualquer momento da ação, e mais tarde regressar ao mesmo momento exato onde nos encontrávamos. O modo de gravação tradicional ainda está presente, utilizando o cartão de memória virtual, que oferece 15 slots para cada jogo.

Depois de jogarmos algumas partidas em modo singleplayer e multiplayer, concluímos que esta nova aposta da PlayStation para o mercado retro tem tudo para ser bem-sucedida. Ao fazer renascer uma das consolas mais importantes da história dos videojogos, com um formato mais reduzido e novas funcionalidades, a PlayStation Classic vai certamente agradar a novos e velhos jogadores, e chega mesmo a tempo do Natal, no dia 3 de dezembro de 2018, com um preço de 99,99 €.

Apresentação da PlayStation Classic
Apresentação da PlayStation Classic. Foto: Actigamer

PLAYSTATION CLASSIC

Nome do produto PlayStation Classic
Código do produto Europa:SCPH-1000R
Data de lançamento 3 de dezembro de 2018
PVPR 99,99 €
Inclui 1 PlayStation Classic
2 comandos
1 cabo HDMI
1 cabo USB
Materiais impressos
Direitos de autor Sony Interactive Entertainment Inc. Todos os direitos reservados.
O design e as especificações estão sujeitos a alterações sem aviso.

 

ESPECIFICAÇÕES

Nome do produto PlayStation Classic
Código do produto Série SCPH-1000R
Saída de vídeo 720p, 480p
Saída de áudio PCM linear
Entrada/saída Porta de saída HDMI
Porta USB (Micro-B)
2 portas de comando
Potência 5 V de CC/1,0 A
Potência nominal máxima 5 W
Dimensões externas Aprox. 149 x 33 x 105 mm (5,8 x 1,3 x 4,1 pol.) (largura x altura x profundidade) (excluindo os comandos)
Peso Sistema      Aprox. 170 g (6,0 oz)
Comando     Aprox. 140 g (4,9 oz)
Temperatura de funcionamento 5 ℃ a 35 ℃
Para enviar uma sugestão, tens de fazer ou .

Comentários

Ainda sem comentários!

avatar
2000
  Subscrever  
Notificar: