Análise: Minecraft

0

Lançado em 2011, o Minecraft é um jogo do género Sandbox (caixa de areia) e Open-world (Mundo aberto), onde não existe um objetivo ou fim definido e a criatividade do jogador dita a sua longevidade. O jogo foi inicialmente criado e desenvolvido pelo sueco Markus “Notch” Persson e mais tarde pela empresa Mojang, tendo esta vindo a ser adquirida em 2014 pela Microsoft, por cerca de 2.5 mil milhões de dólares, num negocio que incluiu o Minecraft.

No dia 27 de fevereiro de 2017, fonte oficial do jogo, anunciou na rede social Twitter, ter atingido o número de 122 milhões de cópias vendidas, fazendo do Minecraft o segundo jogo mais vendido de sempre.

O Minecraft destaca-se inicialmente pela sua simplicidade, com uns gráficos por vezes apelidados de ultrapassados e uma mecânica simples na 1ª pessoa. Esta aparente simplicidade esconde a sua maior qualidade, um sem numero de possibilidades de jogo. Vamos em primeiro lugar abordar o jogo na sua vertente “Vanilla”, sem modificações, e em modo de um único jogador na versão para o PC.

Singleplayer

Minecraft
Minecraft

Survival/Sobrevivência
Quando criamos uma partida single-player survival (a solo, sobrevivência) de Minecraft e depois do mapa criado, somos apresentados com uma personagem sem inventário, sem objetivo e sem introdução. Após alguns minutos a tentar descobrir o que podemos ou não fazer e recolher no seu enorme mapa, a frustração pode abater-se ao pensar que o jogo é apenas isso, simplesmente “estar” no mapa.

É necessária alguma paciência para compreender o jogo, e com a chegada da noite temos o primeiro confronto com, talvez, o único objetivo do jogo neste modo, a sobrevivência. À noite varias criaturas percorrem o mapa do Minecraft com o objetivo de atacar o jogador. Embora se tornam relativamente fáceis de controlar no futuro com o equipamento certo, para um jogador iniciante estas criaturas podem ser mais difíceis de controlar mas igualmente divertidas de defrontar.

Daqui em diante cada jogador criará a sua historia e não existem duas iguais. Cada partida terá o seu mapa, as suas descobertas e dificuldades e o objetivo que o jogador lhes quiser dar, desde explorar, construir, lutar, entre muitos outros. Existem ainda outros mundos para além do inicial que o jogador poderá visitar, sendo eles o Nether, um mundo “infernizado” e o The End, um mundo vazio onde é possivel, entre outras coisas, enfrentar o dragão lendário do Minecraft.

Minecraft
Minecraft

Creative/Criativo
Ao contrario do modo survival, aqui o jogador não será importunado por criaturas NPC, nem será necessário procurar recursos para as suas construções. Este é um modo mais relaxado que estimula essencialmente a criatividade e o preferido de jogadores que se especializam na construção de edifícios em escalas inimagináveis, ou experimentar sem limites as mecânicas de circuitos “redstone”, uma das características mais avançadas do jogo onde é possível fazer quase tudo, desde uma simples porta de abertura automática, a máquinas musicais e até construir um computador rudimentar.

Minecraft
Minecraft

Multiplayer/Multijogador
É este o modo que faz realmente brilhar o Minecraft, com uma comunidade que segundo fontes oficiais, conta com mais de 55 milhões de jogadores e milhares de servidores. Neste conjunto de universos podemos encontrar quase tudo, desde o tradicional “vanilla” survival ou creative, ou com modificações, a minijogos inspirados no filme “Hunger Games”, Sky wars, onde o objetivo passa por fazer cair o adversário de uma ilha suspensa no ar, servidores de construção e também muitas referências a outras franchises de filmes e videojogos.

A ausência de um servidor único, tornaram o Minecraft um ecossistema de variados servidores geridos pela comunidade. Todos eles com as suas próprias regras, items, rankings e mesmo aspetos gráficos que trazem ao jogo uma longevidade dificilmente comparável a outros títulos.

Este modo torna possível partilhar todas estas experiências com amigos, ou outras pessoas, sendo comum os jogadores juntarem-se em grupos principalmente para erguer cidades, mas também para qualquer outra razão. É sempre mais fácil lutar contra o dragão lendário ou explorar aquela mina repleta de aranhas venenosas com um ou vários colegas de armas.

Minecraft
Minecraft

Versões Pocket e Console
Existem algumas diferenças na mecânica, itens e modelos destas versões alternativas de Minecraft, no entanto são igualmente fáceis de apreciar e em nada destoam da aura que transmite a versão para o computador. Tem vindo a notar-se um esforço da empresa produtora no sentido de aproximar e/ou tornar o jogo verdadeiramente multiplataforma.

Veredito
Sendo um dos mais originais jogos lançados na última década, é também um marco na indústria, pelas suas origens, a sua aparente simplicidade, e pelo surgimento de um género de sobrevivência cada vez mais popular. É certamente um dos melhores jogos que tive o prazer de jogar até hoje e acima de tudo um jogo onde terei sempre todo o prazer de regressar com a certeza que irei encontrar uma experiência de jogo totalmente nova.

Para enviar uma sugestão, tens de fazer ou .
Positivo
Grafismo e banda sonora icónicas.
Incrível longevidade.
Completa liberdade de jogo e enorme mapa.
Empenho da comunidade.
Negativo
O aspecto gráfico pode não agradar a todos.
Diferenças no jogo nas varias plataformas.
Servidores unicamente geridos pela comunidade.
8.8
Excelente

Comentários

Ainda sem comentários!

  Subscrever  
Notificar: