O lançamento do novo F1 2019 marca o regresso da elite do automobilismo ao mundo digital. Enquanto a Fórmula 1 parece viver uma crise de popularidade ao longo dos últimos anos, a Codemasters tenciona levar o jogo oficial da série de corridas da FIA a voos mais altos. Com a promessa de mais emoção e conteúdo do que a sua contraparte da vida real, será possível criar um jogo divertido, sem descorar por completo a sua grande vertente de simulação? Pisámos no acelerador para conhecermos melhor o novo F1 2019, mas com cautela, uma vez que estas máquinas não são simpáticas para os ‘pés de chumbo’.

F1 2019

F1 2019

O F1 2019 é a continuação de um legado que a Codemasters tem construído ano após ano, e em especial nas últimas três edições com resultados muito positivos junto da crítica especializada. Com um pacote de conteúdo muito atraente para os fãs do automobilismo, o foco está no extenso modo de carreira, onde não temos apenas de lutar pelas vitórias, mas também para manter um desenvolvimento constante do nosso carro e do nosso personagem, um piloto que podemos personalizar. Este ano foi introduzido um novo sistema de transferências de pilotos que ocorrem principalmente no final de cada temporada. Com este sistema, até as estrelas estabelecidas, como o atual campeão mundial de F1, Lewis Hamilton e o seu arqui-inimigo, Sebastian Vettel, podem formar uma parceria improvável ou continuar a sua rivalidade em equipas completamente novas.

Ainda no modo carreira, aspetos como a tração do veiculo, resistência do chassi, e a aerodinâmica do design, são apenas algumas das áreas em que podemos intervir. Como piloto, seremos também desafiados a aprender todos os skills mais importantes para qualquer piloto de F1, como por exemplo o bom manuseio do ERS (Energy Recovery System), gestão do desgaste dos pneus, controlo do gasto de combustível e domínio das linhas de corrida nas várias condições climáticas.

Para os jogadores que apenas procuram uma dose de adrenalina, sem muitos detalhes para dominar, a Codemasters oferece várias alternativas. O modo de campeonato clássico, por exemplo, permite escolher um piloto oficial que iremos utilizar durante toda a temporada e sem qualquer desenvolvimento do carro. Além dos modos de campeonato, existem ainda mini-torneios offline que podemos desbloquear, além da altamente competitiva tabela contrarrelógio online. Neste último, todos os detalhes contam, e até as configurações dos veículos e condições da pista são tidas em conta.

F1 2019
F1 2019. Imagem: Codemasters

Uma nova Fórmula

Uma das grandes novidades da edição de 2019 é a introdução da Formula 2. Esta que pode ser considerada a ‘segunda liga’ das corridas da FIA, não só apresenta as suas próprias regras, como requer algum tempo de habituação. Embora os carros tenham menos potência do que as impressionantes máquinas da competição principal, estão também equipados de forma diferente. Como resultado, as distâncias de travagem são mais longas, e o comportamento dos carros pode ser, por vezes, mais incerto devido a uma pior tração. Estas alterações significam que todos os pontos de referência para travagem, e até as linhas de corrida escolhidas, terão de ser ajustadas aos novos veículos. Uma tarefa digna de um verdadeiro campeão, e um desafio extra para os aficionados.

F1 2019
F1 2019. Imagem: DR

A Formula 2 também desempenha um papel importante no modo carreira, com a F2 Feeder Series. Embora não seja necessário completar um campeonato completo para sermos promovidos para a Formula 1, teremos de completar algumas voltas em corridas introdutórias, desafiando os rookies da F1, George Russell, Lando Norris e Alexander Albon, do Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2018. Embora o enredo introduzido durante estas secções não seja dos mais interessantes que já jogámos, é um detalhe que podemos facilmente ignorar tendo em conta que este não é, de todo, o foco do jogo. O mesmo se aplica às entrevistas e conferências de imprensa, onde as respostas que damos parecem trazer resultados algo óbvios, mas apreciamos o esforço da produtora em apresentar desfechos distintos.

Detalhes que definem o vencedor

O F1 2019 mantem a extensa lista de sistemas e de configurações dos seus antecessores, limando ainda mais o aspeto visual dos menus e aplicando pequenos ajustes de equilíbrio. Clima dinâmico, controlo por voz, desgaste dos pneus com mapeamento da zona de desgaste, comunicações por rádio… a lista de detalhes é interminável! A componente estratégica também desempenha um papel fundamental em qualquer corrida. Ajustar a potência do motor, ou controlar manualmente o sistema de ERS de recuperação de energia, são fatores que podem definir o vencedor, não só de uma corrida, como de todo um campeonato.

Além da integração da Fórmula 2, e dos ligeiros ajustes às regras, existem muito poucas mudanças vincadas nesta nova edição. Tendo em conta o sucesso das últimas edições da saga, é compreensível que a Codemasters não arriscasse demasiado nos principais aspetos do jogo. Como se costuma dizer, “em equipa que vence, não se mexe”, teríamos, no entanto, apreciado alguma inovação extra.

A física de condução mantém-se familiar e a Codemasters parece ter encontrado, mais uma vez, a mistura certa entre a simulação e o prazer de conduzir. Obviamente, ainda é necessário um certo grau de sensibilidade, ou até de paciência, para ser bem-sucedido, principalmente para os jogadores mais exigentes que prefiram conduzir sem qualquer tipo de ajuda eletrónica. Alguns detalhes também podem funcionar melhor com um sistema de volante e pedais, mas, geralmente, o comando é o suficiente para conseguirmos dominar as feras de quatro rodas. Para os menos pacientes, continua a existir a opção de rebobinar o tempo alguns segundos e corrigir algum despiste. Que falta nos faz esta função na vida real!

F1 2019
F1 2019. Imagem: DR

Competição também no Online

Outra das novidades desta edição, é uma maior aposta no modo multijogador Online. A vertente mais ligada aos eSports é bem visível, desde já porque a nova edição permite que entremos em lobbys competitivos, criaremos os nossos próprios campeonatos com direito a personalização de horários e de tudo um pouco. Um detalhe importante são os indicadores sobre a qualidade de ligação para cada região. Num desporto que é decidido à milésima de segundo, todos os elementos contam para uma melhor experiência de jogo.

Além dos veículos oficiais, os jogadores também têm acesso a um carro multiplayer separado, que pode ser personalizado de acordo com as preferências e o equipamento do piloto. Embora seja possível desbloquear durante o jogo a maioria dos conteúdos, como outros modelos de carros, capacetes, fatos de corrida e luvas, utilizando para isso uma moeda de jogo, também somos aliciados a comprar alguns itens com dinheiro real, no que pode ser chamado de um sistema tradicional de microtransações. Os preços típicos por cada item variam entre pouco menos de um euro, a cerca de dois euros. O sistema não nos pareceu demasiado intrusivo, nem afeta de forma alguma a jogabilidade, mas ainda assim achamos importante frisar a sua existência.

Como em outros jogos do género de corrida, e ainda dentro da vertente online, o F1 2019 utiliza um sistema de classificação para separar os jogadores em grupos conforme o seu desempenho. Os jogadores que faltem ou abandonem corridas de forma sistemática, terão essa informação bem explicita na sua licença de piloto, enquanto os pilotos com mais conquistas em equipa, ou de forma individual, também serão destacados.

Detalhes técnicos de alto nível

Do ponto de vista técnico, a Codemasters manteve o nível elevado das edições anteriores. À primeira vista, os modelos e a sensação de velocidade no interior do cockpit parecem manter-se inalterados. Não é que isso fosse algo mau, visto que já apresentavam níveis quase foto realistas na versão de 2018, mas realmente existem mais melhorias do que pode parecer. A verdadeira diferença é revelada quando participamos numa corrida noturna. O sistema de iluminação foi completamente remodelado, e os reflexos, brilhos e sombras melhoraram muito com isso. As pistas ganham uma nova vida, e até em situações de chuva, a qualidade gráfica recebeu claramente um upgrade.

F1 2019
F1 2019. Imagem: DR

A jogabilidade é uma das características de destaque da série, e a edição de 2019 não podia ser diferente. Desta vez, não tivemos oportunidade de testar uma corrida num setup completo que inclua, volante, pedais e um bucket seat, mas com o comando da PS4 pudemos controlar bem (ou pelo menos dentro do possível) as máquinas com cerca de 1000 cavalos de potência. Com as opções de jogo mais realistas, as situações que temos de controlar são imensas, como o desgaste de pneus, uso do combustível, dano físico do carro, linha de corrida eficaz, pontos de travagem, entre outros. Perante tanta informação, percebemos um pouco melhor a enorme pressão que sofre um piloto deste nível, e o F1 2019 faz um excelente trabalho em demonstrar a complexidade envolvida.

A IA também foi otimizada. Os pilotos adversários agora defendem melhor as suas linhas, além de dificultarem ao máximo as ultrapassagens. Da mesma forma, quando nos perseguem, já não aplicam uma agressividade tão exagerada como antes, fazendo reduzir as situações de acidente, ou colisões inexplicáveis. Obviamente, o nível de competitividade dos npcs ainda não pode ser comparado ao que encontramos em alguns pilotos reais no modo online, mas para os jogadores mais solitários, ou para aqueles que procuram um treino desafiante, esta é uma melhoria muito bem-vinda.

O Regresso das Lendas

No novo F1 2019, o conteúdo clássico também não foi esquecido. No total são 18 carros clássicos que celebram todas as décadas desde os anos 1970 até 2010. A lista inclui o Lotus 72D de 1972, McLaren MP4 /4 de 1988, Williams FW18 de 1996 e o Red Bull RB6 de 2010. Além disso, também podemos competir com o McLaren MP4-25 e o Ferrari F10 da temporada de 2010, como parte da Anniversary Edition.

Infelizmente, a edição standard do jogo não inclui as lendas da F1 Ayrton Senna e Alain Prost. Para poder vestir o fato de dois dos pilotos de culto da modalidade, é necessário ter a versão Legends Edition, ou adquirir o DLC em separado. No entanto, o investimento vale certamente a pena para os fãs mais apaixonados por este desporto motorizado, adicionando oito pequenos eventos extra, além dos icónicos carros McLaren MP4/5B de 1990 e Ferrari F1-90, e liveries especiais para os modos online.

VEREDITO

O novo F1 2019 pode não ser a versão mais revolucionaria da saga da Codemasters, mas é certamente a que melhor aproveita as inovações dos últimos anos. A integração da Formula 2 veio inserir um novo sentido de progressão, enquanto o modo carreira apresenta agora uma evolução muito positiva, com um novo sistema de transferências de pilotos, uma física de condução melhorada e um grafismo muito realista, além da construção de uma história dinâmica, com percursos que resultam do nosso desempenho e personalidade.

Dentro das novidades, destacamos em especial a nova mecânica de iluminação, que veio melhorar os visuais noturnos e em dias de chuva, a nova IA mais inteligente nas manobras e menos disposta a provocar acidentes, e a grande aposta da produtora nos eSports, com a integração do sistema de ligas e reputação dos jogadores. O conteúdo clássico, que inclui alguns carros históricos e os ícones da modalidade, Ayrton Senna e Alain Prost, podia ter sido um pouco mais explorada, talvez com a inserção de pistas, modos de corrida e regras da época. No entanto, para quem puder adicionar ao seu jogo o conteúdo da edição Legends, certamente não se irá arrepender.

O F1 2019 pode não ser o simulador de corridas mais inovador que a Codemasters já lançou nos últimos anos, mas é certamente o melhor. Combinando perfeitamente as inovações dos seus antecessores, com as mudanças da nova edição, o novo F1 2019 apresenta um bom equilíbrio entre a grande diversidade de conteúdo que apresenta, e a seriedade esperada de um simulador, culminando na derradeira experiência digital da elite do automobilismo.

Para enviar uma sugestão, tens de fazer ou .
Positivo
Modo online bem trabalhado, com uma clara aposta nos eSports.
Mecânica de condução e física dos veículos são muito realistas.
Novo sistema de iluminação eleva ainda mais o grafismo do jogo.
Modo carreira muito completo, recheado de detalhes.
IA melhorada.
Negativo
Conteúdo clássico podia ser mais bem explorado.
Ausência de modo com ecrã dividido local.
9.3
Excelente

Comentários

Ainda sem comentários!

avatar
2000
  Subscrever  
Notificar: